• Annelise Castelli

Como escolher a cor da sua marca?

Quais são as suas cores?

Aquelas sabe, que mostram quem você é...

A decisão de uma cartela de cores parece, mas não e muito simples. E elas vão impactar profundamente o destino da sua marca.


Então, para fazer essa escolha, sugiro que você tenha em mente:


1. A sua cor favorita.

Sim, aqui não tem nada de racional ou técnico mesmo, pois vai ser muito difícil conviver com aquilo que você não gosta. Afinal, queremos que sua marca viva para sempre, não é? A cor que você gosta pode ser o ponto de partida.


2. Que as cores estimulem a emoção e a sensação que você deseja.

Sabe-se que as cores têm muito simbolismo, mas tome cuidado. Procure se concentrar mais no que elas podem estimular nas pessoas e não nas convenções sociais, tipo “laranja é a cor ideal para o setor de alimentos”. Esse tipo de pensamento pode fazer com que a sua cartela fique igual à de todo mundo do seu setor. Sacou?


3. Que juntas representem minimamente o conceito, o propósito e os valores da sua marca.

Já percebeu que precisa pensar estrategicamente na sua marca, no branding, ANTES de decidir tanto as formas como as cores da sua marca (e da identidade visual).


4. Que tenham significado.

Atribuir significado as suas cores pode, além de reforçar a essência da sua marca, ajudar a construir muitas histórias visuais. Ajuda na criação de muita coisa que vai além da identidade visual em si.


5. Que quando combinadas, estejam em harmonia.

Seja pelo contraste, pela saturação, pela luminosidade, ou pelo teu olho mesmo que diz: curti, deu certo!


6. Que faça a sua identidade pular pra fora da tela, ou do papel, ou do material que for.

Opa! É isso que a gente quer não é mesmo? Que a sua marca seja única, genuína e que tenha a tão sonhada identidade.


7. Funcionalidade.

Ah, já ia esquecendo. Sim, elas também precisam ser funcionais na leitura de textos e na visualização de imagens e símbolos gráficos, de modo geral.



Pronto.


Uma boa dica para criar sua paleta é a fantástica ferramenta coolors.com (adoro esse nome, he, he). Você pode formar as suas combinações de diversas maneiras: a partir de uma imagem, de uma colagem, de uma única cor, etc. Cada vez que você aperta a barra de espaço, o sistema te dá uma série de opções de combinações, inclusive das variantes em gradiente. Ah, e claro com todos os códigos que você precisar. E o mais importante: elas já estão em harmonia.


Eu adoro.


Aqui na Go Cool, nós curtimos tanto esse processo, que batizamos as nossas cores.


Sweet lilac = suavidade e sensibilidade

Human skin = humanidade e autenticidade

Cool green = otimismo e ousadia

Black action = força e ação


Vem ver!




Só tem um detalhe (triste): mesmo que você calibre tudo, sempre vai haver alguma alteração na tela de cada um, não tem jeito.


Tenha paciência porque o mundo não é perfeito.


Quer saber um pouco mais sobre o bom uso das cores?


Os 6 pontos essenciais que fazem da Havaianas um formidável case de Design Estratégico.


Conheça as 6 razões que fazem da Ikea um case de Design Estratégico.


Ian Davenport. O artista das listras e cores que impressionam.


Ultimate Gray + Illuminating. A combinação mágica das cores Pantone para 2021.

15 visualizações0 comentário