• Annelise Castelli

As 7 dicas essenciais para sua pesquisa com consumidor

Tá combinado que ouvir o seu consumidor é importante, né?


Mas antes de sair fazendo na louca, queria dividir com você algumas dicas práticas de quem já camelou bastante. Vai por mim.



1. Defina seus públicos.

Eles são inúmeros! Clientes, consumidores, usuários, influenciadores, parceiros, formadores e opinião e demais agregados. Muitas vezes compreendendo o seu setor, ou analisando minimamente a jornada de compra do seu cliente, você vai encontrar os diversos intermediários que influenciam o seu negócio. Podemos chamar de várias coisas (mapa de stakeholder, personas, etc). Não importa, estabeleça critérios que tem a ver com a sua marca e foque nos perfis-chave.


2. Defina os objetivos de pesquisa.

O que você quer saber? Porque escolheram a sua marca, a que atribuem valor, o que acham das suas entregas (produtos, serviços, etc), como tem sido a experiência com eles. Os objetivos dão o norte para você não se perder na pesquisa.


3. Defina uma abordagem e um método.

Volte lá para os objetivos, avalie o perfil da sua marca e claro, o seu público-alvo. Aí, construa um roteiro e defina os instrumentos. (Ah, tudo também vai depender da sua grana!). E não menospreze nem o mundo on line, nem o off line. Estamos cansados de saber que estão integrados no mundo real.


4. Defina uma amostragem e encontre as pessoas certas.

Dá trabalho, mas vale muito à pena. (E deixa eu te contar que com umas 30 pessoas, já rola uma boa pesquisa!).


5. Imagine como fará a tabulação dos dados.

Sempre pense nisso! Se você não faz, o trabalho depois, ele tipo... quadruplica! Vai por mim. Lembre-se de que a sua análise depende de muita comparação, então você precisa otimizar minimamente essa atividade. E é seu dever na tabulação, chegar a algumas conclusões importantes para agir.


6. Planeje.

Essa dica vale ouro, mas muita gente ainda prefere dar um jeitinho. Aja como um produtor de eventos... Planeje recursos, pessoas, cronograma, ambiente e principalmente esteja preparado para imprevistos.


7. Seja isento.

Dependendo do caso, do público, ou da sua marca, chame outras pessoas para fazer para você. Esteja de mente aberta para ouvir e descobrir coisas novas.



Mas, a questão mais importante é que quando você faz isso de verdade, você mergulha no universo do seu público e entende as diversas razões pelas quais as coisas dão (dariam) certo ou não. Ideias das próprias pessoas fluem livremente, e os insights chegam (todos truncados), mas estão lá.


Minha sincera boa sorte! E não desista, fazer pesquisa sempre vale à pena.

.

.

.


E se quiser ajuda na sua pesquisa, FALE CONOSCO.




Quer se aprofundar um pouco mais? Não deixe de ver:


9 boas práticas para desenvolver um produto de sucesso.


A suo agio. A expressão em italiano que simboliza o melhor da experiência do cliente.


Estratégia. A força que impulsiona, dá foco e constrói um caminho para o futuro.



| Rua Pedro Collere 220 (Inside Di Castelli's), Vila Izabel , Curitiba  -  PR, Brasil, CEP 80320-320.

| +55  41  99159 8808 

| annelise@gocool.com.br.

© 2021. Go Cool.Todos os direitos reservados..

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • YouTube ícone social
  • LinkedIn ícone social